CARTA ÀS MULHERES

A carta de um homem...
Esse homem é um gênio!!!!!!!!!!!!!

Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção. Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim.
Nossa avaliação é visual. Isso quer dizer, se tem forma de guitarra... está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas. As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas.... Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo.

As muito magrinhas que desfilam nas passarelas seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays, e odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são muito retas e sem formas, e parecem agredir o corpo maravilhoso das mulheres. Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato são equivalentes a mil viagras.

A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa... sem graça. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor.

As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas. Por que razão as cobrem sempre com calças longas? Para que as confundam conosco?

Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras, e pronto.
Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão, e eu reintero: nós gostamos assim.
Ocultar essas formas é como ter o melhor sofá embalado no sótão.
É essa a lei da natureza... que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde.
Entendam de uma vez!
Procurem agradar a nós, e não só a vocês; porque nunca terão uma referência objetiva, do quanto são lindas e maravilhosas, dita por uma mulher.
Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é simplesmente linda!

As jovens são lindas... mas, as de 30 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por Karina Zzocco, Eva Longaria, Angelina Jolie ou Demi Moore, somos capazes de atravessar o Atlântico a nado. O corpo muda... cresce.
Não podem pensar, sem ficarem psicóticas, que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto, uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento, ou está se auto-destruindo.

Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio, alegres, e que sabem controlar sua natural tendência à culpas.
Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se sabota e não sofre); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.

Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza.
São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos "em formol", nem em Spa... viveram!
O corpo da mulher é a prova de que Deus existe.

É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.

Cuidem-no!
Cuidem-se!
Amem-se!
A beleza é tudo isto.
Tudo junto!

Assinado: UM HOMEM
A vcs mulheres maravilhosas!!!! D....



Geralmente faço o comentário antes da postagem, mas dessa vez ficava impossível falar alguma coisa antes da apresentação do produto.
Discordo de quem chamou o autor de " gênio ", pode até ser mais esperto que a maioria dos homens, mas vai precisar ainda de umas cinco encarnações para enterder as mulheres.
Puxa!!!!!!
É tão simples.
Mulher é igual a homem. Sente vontades, tristezas, ambições, sente as mesmas coisas que os homens, só que em jornada dupla.
Por que será, que os homens tem que impor regras, para nos amar?
Mulher tem que se amar.
Mulher tem que estar bem consigo mesma.
Mulher tem que se cuidar e estar com o lay-out em dia.
Será que pelo menos 50% dos homens, se amam?
Será que pelo menos uma pequena minoria de homens, está bem consigo mesma?
Será que atingimos a marca de 10% da população masculina que se cuida e não vassila no lay-out?
Concordo que todo ser humano, independente do gênero, deve se amar, se cuidar, como corpo e como espírito, mas daí a ficar jogando toda a responsabilidade para as mulheres, é outra história.
Tenho uma amiga que não se depila, por motivos religiosos, conheço uma senhora que não se depila por acreditar que sem os pelos do corpo, ela perde o "fogo", se assim me faço entender.
Duas mulheres, duas crenças, duas motivações e um mesmo resultado.
Por que a perna dela é cabeluda, ela não deve ser amada?
Nós mulheres, trabalhamos fora, trabalhamos em casa, cuidamos de filhos, cuidamos do marido, damos o nosso ventre para trazer vida, damos nossa alma para fazer dessa vida " ser humano ", sendo que nesse passar dos anos, o marido chega de vento virado do trabalho e é a mulher quem tem que segurar a onda, rebolando para que o humor dele não piore.
Não importa para ele se o carro dela quebrou, se a empregada faltou, se o filho não está indo bem na escola e muito menos que ela está triste, cansada, precisando de um ombro de macho.
Não...... definitivamente, não!
O macho é ela, pois é ela quem ter que dar o ombro amigo, o cafuné que acalma, a comidinha do jeito que ele gosta.
Mas e o que ela está sentindo?????
Ah! Depois a gente vê.
Outra característica feminina é sempre colocar os outros na frente. Primeiro é a roupa do filho, depois eu compro o vestido que eu queria. O carro do marido sempre precisa ser trocado antes do dela, e assim por diante.
Homem acha que mulher tem que ser perfeita e talvez por não existir a perfeição, é que eles fiquem olhando para todas na rua, fazendo graça pra garçonete ou tendo um caso com a secretária.
O que mais os homens querem?
Eu, na minha ignorância, não consigo atinar.
Acho que só falta é amor. Não importa se a mulher é magra, gorda, preta, branca, mestiça, baixa, alta ou seja lá o que for. Será que é tão difícil assim amar sem impor regras.
Sua mulher precisa do seu amor quando não tem mais forças para segurar a barra sozinha.
Se você for honesto consigo mesmo vai ver que ela sempre te dá mais atenção do que recebe.
Aos homens que lerem este texto quero dizer que, parem de impor regras para amar suas mulheres ou questionar as mulheres. Apenas ame e respeite as mulheres.
Tenho certeza que uma mulher te deu a vida e provavelmente você tenha outra que cuide de você com o mesmo carinho e desvelo, que aquela que te deu a vida.
Fica aqui meu desabafo.
Pense nisso!

8 comentários:

Moura disse...

Pois é amiga, sobre o texto em si, não tem o que dizer, me dou o direito de comentar sobre seu desabafo.
Parabéns! vocè é que está certa, mulher, mãe, afago, carinho, amor, atenção, muitas vezes a chefe da casa agindo ainda como se fosse o pai. O que mais poderia dizer? Bem, como homem, marido, filho, cristão e pai, reconheço que sou fraco, e tenho falhado, sei que apenas tenho que amar e respeitar.
Minha esposa diz que tenho estado como um bom pai, presente, mas as filhas Mel e Mari, não acham a mesma coisa, elas sempre querem mais como crianças e filhas.
Estou devendo um bocado, mas estou me esforçando para ser melhor a cada dia, e Deus vê o nosso coração e as nossas intenções.
Um belo texto amiga, continue assim.
Saúde, graça, paz e sucesso!
Bjoks,
Moura
http://meioambiente.blogomoura.com

Sandra Geise Bortolato disse...

Oi Renata!

Que bom que adorou.
Volte sempre para nos visitar.
Mil beijos

Sandra Geise Bortolato disse...

Oi Moura!

Muito obrigada meu amigo.
Quando escrevi esse texto, escrevi pensando numa maioria e não em homens fantásticos como você.
Sei que existem homens que realmente dão valor ao ser humano que habita dentro de cada mulher e você é um deles.
Obrigada pelo elogio, só espero que meu texto de margem à reflexão, aos homens que o lerem.
Mil beijos e muita paz.

♥тєcα♥ disse...

Adorei o desabafo,não tenho nada a declarar simplesmente adorei!!!


Beijão!!!

Andréia Santana disse...

É isso aí Sandra!
Eles tem que nos respeitar e amar do jeito que somos.
Eu não reclamo que meu marido está ficando careca, e o resto do cabelo que sobra está ficando branco; eu não reclamo da "barriguinha" dele, e também não reclamo que ele solta mais pêlo que meu cachorro. Tá certo que eu falo de vez em quando ... mas não reclamo!
Eu amo e o respeito do jeito que ele é: careca, barrigudo, peludo e rabujento. rsrs

Ótimo texto!!!
Bjoks

Sandra Geise Bortolato disse...

Oi Teca!

Que bom que adorou.
Espero fazer mais postagens que você ADORE.
Obrigada.
Mil beijos.

Sandra Geise Bortolato disse...

Oi Andréia!

Você captou bem o eixo principal do meu desabafo.
Que bom que me fiz entender.
Mil beijos e muita paz.

Postar um comentário

Obrigada por fazer um comentário.
"Ah! se todo mundo fosse igual a você..."
Abraços

Hoje é

Seguidores

Dihitt

Google+ Followers

  ©The New Web Post - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo