Minha página no orkut

Por motivos de ordem pessoal, encanei de visitar a minha página do orkut como se eu fosse outra pessoa e fosse ali conhecer o perfil daquela pessoa. Pensei realmente que isso fosse possível, mas não é, ou se é, eu estou longe de conseguir essa distância para me observar como se eu fosse outra pessoa.
Cada foto, cada vídeo, cada scarp, cada depoimento tem uma história dentro de mim, que não tem significado para outra pessoa.
Mas foi uma viagem muito interessante dentro de mim.
Que legal cara, eu olhava os vídeos e via influência que recebi de Elvis, o eterno "Seresteiro em Acapulco", quando eu era criança esse filme passava pelo menos 6 vezes por mês na Sessão da Tarde.
Elvis não foi uma paixão de infância, mas eu sou apaixonada por ele até hoje.
Vinícius, meu poetinha,quando adolescente, lia suas antologias poéticas com o mesmo mesmo sentimento que lia Castro Alves. Amava seus poemas, crônicas, músicas. Me lembro de que quando ele morreu, eu chorei, senti tanto aquela perda, como se ele fosse parente meu.
Fiquei muito emocionada revendo Fred Mercury cantando "Love of my life", me lembrei de que quando eles vieram ao Brasil eu fui ao Morumbi vê-los, quando eles cantaram essa música todas as luzes se apagaram e o pessoal acendia os isqueiros(naquela época todo mundo fumava e celular era objeto de filme futurista).O Morumbi inteiro cantando a música e eu cantei cada letra. O melhor de tudo é que eu estava lá.
Nesse passeio descobri que sou muito corajosa de me expôr de forma tão clara, mas acho que é assim que sei ser.
Quer me conhecer, fique a vontade, não tenho nada a esconder.
Digo isso aqui, pois o pessoal que me visita vai acabar me conhecendo através das postagens.
Por isso escolhi Gonzaguinha para definir como sou.
Escolhi esse vídeo, que mesmo estando meia boca, é um vídeo onde ele canta sem acompanhamento musical, o que dá uma veracidade total nas suas palavras.
No orkut, no blog, na vida eu sou bem o que diz a letra dessa música.

4 comentários:

Bala Salgada disse...

Vim agradecer a visita e o lembrete. Desculpa o transtorno, caso ainda se interesse aqui está o link para ir direto para lá:

http://www.pensador.info/p/nao_espere_elogios_para_acreditar_em_si_mesmo/1/

As frases tem como titulo: Não espere elogios para acreditar em si mesmo. Realmente me moveu, por isso postei.

Beijos.

Victor S. Gomez disse...

Estou escrevendo esse comentário ouvindo gonzaguinha. É pura emoção, me lembra os meus anos de teatro no Garra Suburbana, em 1977, assiti Gonzaguinha várias vezes naquela época. O teatro lotado, nossa era bom demais, principalmente quando cantávamos com ele. Beijos

Sandra Geise Bortolato disse...

Oi Balinha!
Que alegria receber sua visita e seu comentário.
Mil beijos e muita paz.

Sandra Geise Bortolato disse...

Vítor!
Uma das coisas legais da blogesfera é encontrar gente com idade suficiente para lembrar de muita gente boa que já se foi.
Tem horas que me sinto me estranha, em não poder dizer coisas que quero, porque a maioria não iria entender.
Obrigada amigo, suas palavras me deram muita alegria.
Mil beijos e muita paz.

Postar um comentário

Obrigada por fazer um comentário.
"Ah! se todo mundo fosse igual a você..."
Abraços

Hoje é

Seguidores

Dihitt

Google+ Followers

  ©The New Web Post - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo